2017-06-25

As ribeiras da Madeira

As ribeiras da Madeira são assim.
Brutais. Talhadas a machado, directamente na rocha. E o machado é a água. E as casas mesmo na borda delas (não há betão que lhes garanta a segurança). Soltam calhaus enormes mas, com a pressa, nunca chegam a calhaus rolados. É um pavor pensar como serão as enxurradas (aluviões como por lá se chamam). Trágicas. Davam matéria para um fado.
São assim as ribeiras da Madeira.


2017-06-23

Câmara de Lobos

Entre turistas, atuns e ponchas.

2017-06-20

Ordenamento florestal

Há anos que não ia à Madeira e não conhecia os teleféricos.
Valem a pena! Dão uns fantásticos percursos, com umas vistas fabulosas e paisagens deslumbrantes.
Ao mesmo tempo uma frustração amarga ao ver que mesmo por baixo de nós, naquele vale subtropical que ardeu bárbara e tragicamente no ano passado, crescem em searas as acácias e eucaliptos selvagens sem qualquer tipo de ordenamento.
Por entre as árvores queimadas, algumas ainda de pé e outras acrescentando uma densa camada morta vêem-se ainda restos de socalcos, levadas e pequenas construções antigas, do tempo em que a pequena agricultura era uma mais valia, mas agora é só o verde a crescer conforme quer. Daqui a dez anos está tudo pronto para nova imprevisibilidade.

2017-06-19

Fogo de artifício

Quando chegamos ao Funchal até festejaram com fogo de artifício.
Ainda não havia notícias de Pedrógão Grande.

2017-06-08

Charging Bull, NYC

O desenho já é antigo.
Se fosse agora, além da multidão de turistas (parece Lisboa), teria de desenhar uma menina.

2017-06-07

Rua Prof Teresa Ambrósio

Numa pequena mas oportuna cerimónia a CM Lisboa deu hoje o nome da Professora Teresa Ambrósio a uma rua da cidade, ali mesmo junto à Universidade.

À espera


2017-06-05

Um fim de semana em grande

É uma ginjeira, no Hospital Júlio de Matos e na sexta-feira estava linda. Cheia de fruta, ainda não completamente madura, vermelhíssima, brilhante, com a pele esticada e sem mácula. Mesmo a pedir "mão de mexer" (© Carlos Tê).
Ainda vi chegarem os melros. Muitos. Negros. Quase mais melros que ginjas. Pareciam políticos à volta dos negócios. Para eles foi um fim de semana em grande.

2017-05-31

Fróia

Praia Fluvial de Fróia, ALDEIAS DE XISTO.
Um desenho já com anos mas acho que ainda não tinha saído do caderno.


2017-05-30

À espera...

... na Escola Padre Alberto Neto.

2017-05-29

Batalha de Ourique

Teoricamente a Batalha de Ourique foi em S Pedro de Cabeças, onde há uma ermida encostada a um talefe... ou será um talefe encostado a uma ermida?
Mas o obelisco comemorativo está em Castro Verde, mesmo em frente à Câmara... ou será que a Câmara lhe fica por trás?
Por outro lado dizem que a Batalha de Ourique não chegou a combater-se, que foi um "arranjo" político igual aos que se cozinham agora... ou será que os arranjos políticos de agora são diferentes?
Mistérios...

2017-05-26

Ulmeiro

Lembro-me dos ulmeiros no Jardim da Estrela, na Av Liberdade e noutros locais. Umas árvores grandes que no outono atapetavam o chão.
A páginas tantas deu-lhes o trangolamango e desapareceram. Foi assim em toda a Europa, menos numa pequena aldeia... não, não estou a falar do Astérix.
Estou falando de uns lindos ulmeiros que me mostraram no Hospital Júlio de Matos. Nem os reconhecia porque são umas jovens e belíssimas árvores ainda sem a "poda camarária" que formatou os ulmeiros que tinha na memória. Aprendi até que têm uma assimetria na base das folhas, tal como as tílias.
Será que a bactéria ou lá o que deu cabo dos ulmeiros não chega ao HJM? Será mesmo o regresso do Astérix?



2017-05-25

Almada Negreiros

Uma Maneira de Ser Moderno, na FCG

2017-05-24

Claire Fressynet

A exposição da Claire Fressynet, na Biblioteca da JF Estrela, tem desenhos tão bonitos como o nome: SEGUINDO O FIO DA RESPIRAÇÃO.

Ervas espontâneas na cidade

Tão anónimas (para mim) como vulgares, mais umas ervas espontâneas para o desafio QUERCUS-USkP.
Desenhei-as no Hospital Júlio de Matos, Alvalade, Lisboa.
Mas sinto-me invadindo territórios e ultrapassando competências. Isto é tarefa para desenhadores científicos ou para botânicos. Não para simples urban sketchers.

2017-05-22

Ervas espontâneas na cidade

Seguindo o desafio da QUERCUS.
Não sei como se chamam estas espigas, mas aparecem por todo o campo e cidade, pelo menos aqui pelas latitudes de Lisboa.
Também não sei quando é o DIA DA ESPIGA mas palpita-me que estará para breve o encontro fatal entre o calendário e as espigas, papoilas, camomilas, oliveiras, etc.
(Local: Hospital Júlio de Matos, Freguesia de Alvalade, Concelho de Lisboa)

2017-05-21

Noite dos Museus

Um verdadeiro sucesso a primeira experiência do MARG - Museu da Aguarela Roque Gameiro na Noite dos Museus.
Havia sempre mais gente a querer ver a exposição.

Noite dos Museus, no MARG

Os desenhos que fui publicando no blog USkP Urban Sketchers Portugal, durante a primeira experiência do MARG Museu da Aguarela Roque Gameiro na NOITE DOS MUSEUS.




2017-05-20

Museu da Aguarela Roque Gameiro

O MARG adere hoje, pela primeira vez, à noite dos Museus e foi Alfredo Roque Gameiro, ele mesmo em pessoa, com fato de surrubeco escuro e laço verde que se encarregou da divulgação, nos avisos finais do final da missa vespertina, em Minde.
O anúncio está feito e ainda vão a tempo.
A partir das 21:00h haverá grandes animações.
 

2017-05-19

MuHai Tang e Li Biao

Fomos à FCG ouvir a Heroica e ainda tivemos de bónus uma peça Sino Stravinskiana com uns famosos e espectaculares intérpretes chineses.

Faculdade de Ciências

Biblioteca (de Física?)

2017-05-17

Vistas

Em Castro Verde.
O Adro da Igreja, com vista para o Cemitério, com vista para as vistas.

2017-05-16

Castro Verde

"Cidade" com vista para o campo

2017-05-15

À espera

Fresquinhos. Colheita deste mês.

2017-05-13

Crise de nacionalidade?

Por razões que nada têm a ver com falta de credo não fui a Fátima. Por outro lado detesto O futebol. E sempre achei ignóbil o Festival da Eurovisão. Estarei em crise de nacionalidade?
 

2017-05-12

Castro Verde

Embora ainda com dificuldades parece que já estou conseguindo publicar no blogger a partir do ipad. Obrigado pelas ajudas. Vou tentar afinar a prática.
 

Fátima

Eu não fui a Fátima, mas está lá um grupo de Sketchers de vários países, desenhando a visita do Papa.

CONSTRUCT DAY 2017

FEUP. SpeedMeetings e outros.

2017-05-10

2017-05-08

2017-05-04

Tosquia

No Encontro com os USkÉvora e USkBeja, em Castro Verde, houve tempo para uma visita ao passeio da biodiversidade, do FTSS - Festival Terras Sem Sombra.


2017-05-03

Quinta do Ferro

Não pude ir à vernissage mas visitei a expo da Quinta do Ferro.
Não me arrependi porque, além dos desenhos, a galeria também é muito bonita.
Parabéns ao José Rosa pela iniciativa e concretização.

Abrantes

Tarda nada tem a porta cheia de hortenses.

2017-05-01

Final da Residência em Abrantes

Em Abrantes não faltam pontes para o sul nem estradas para o norte.

2017-04-30

Abrantes

Travessa do Brás Gil

2017-04-29

Abrantes

Escadas de S João.
Aproxima-se o final da "Residência Artística"

Óbidos

Festival LATITUDES
Vista da janela da galeria onde ficou a exposição dos USkP

2017-04-28

Abrantes a ler

No Cine Teatro S Pedro, mais uma das muitas iniciativas da Biblioteca Municipal, para incentivar a leitura.
Encontros de Cadernos de Viagem. Residência Artística em Abrantes.

2017-04-27

Paris que não se apouque

As coisas boas são para se copiar e é assim que se aprende. 
Tal como Abrantes, Paris escolheu uma localização central e tem uma torre visível de toda a cidade, que muito lhe facilita a orientação.
(Encontros de Cadernos de Viagem de Abrantes. Residência Artística).

2017-04-26

Abrantes

A construção do Hospital Distrital foi um acontecimento importante para a evolução da cidade.
Um post feito com a Maria Celeste no pensamento.
(Residência Artística no Encontro de Cadernos de Viagem de Abrantes 2017).

2017-04-25

25 Abril

Um desenho com exactamente 30 anos, em plena fase lápis de cor.

25 de Abril em Abrantes

Calhou durante a residência.



Abrantes

Residência Artística em Abrantes.
Hoje é feriado. Andam as ruas vazias e os Colégios também. Uns mais vazios do que outros.
Quantos Abrantinos não se terão formado para o mundo neste Colégio de Na Srª de Fátima

2017-04-20

Navegando sobre as árvores

A Basílica Real de Nª Srª da Conceição, em Castro Verde.
No Encontro de urban sketching promovido pela CM Castro Verde.
Já no sábado será inaugurado pela CM Castro Verde um mural com os desenhos feitos no fim de semana.